PSICÓLOGOS ON-LINE

ATENDIMENTO VOLUNTÁRIO

Valores de um Novo Mundo

CUIDAR É ESSENCIAL

O ser humano é um ser de conexão. Um elo da corrente única da vida, portador da psique de seu corpo, permitindo-o ser sujeito, estruturado ao redor do desejo, de arquétipos e de várias emoções. É coroado por insights, que são aqueles momentos da consciência pelos quais se sente parte de um todo, que o faz sempre aberto ao outro e ao infinito, capaz de criar e captar significados e valores e se indagar sobre o sentido derradeiro do Todo. Hoje, em sua fase pioneira, se direciona rumo à noosfera pela qual mentes e corações convergirão numa humanidade unificada.

O mundo não será mais o mesmo. São muitos os valores que no novo mundo pós-pandemia ressurgirão fortalecidos e cheios de ressignificados. Por ora, temos que nos cuidar físico e emocionalmente para poder cuidar dos outros, dos mais frágeis e vulneráveis.

Cuide de Você, e dos que Você Ama!

O que seria 'Cuidar de si,de Sua Vida?'

Autoconhecimento?

Autoaceitação?

Autoestima?

Autocontrole?

Automotivação?

Autorresponsabilidade?

Autoconsciência?

Autorregulação? 

Este momento precisa de CUIDADO! Que arranjos fazem sentido para VOCÊ?

Cuide de Si e dos que Você Ama!

O CUIDADO ESSENCIAL

Nas últimas semanas, os noticiários têm mostrado repetidamente discursos de autoridades da saúde, chefes de grupos especiais criados para enfrentar a crise, representantes de organizações internacionais, falando que este momento é preciso de cuidado.

Lenardo Boff nos fala que outra forma de ser-no-mundo se realiza pelo cuidado. O cuidado não se opõe ao trabalho, mas lhe confere uma modalidade diferente. Pelo cuidado não vemos a natureza e tudo que nela existe como objetos. A relação não é sujeito-objeto, mas sujeito-sujeito. Experimentamos os seres como sujeitos, como valores, como símbolos que remetem a uma realidade frontal. A natureza não é muda. Ela fala. Evoca. Emite mensagens de grandeza, beleza, perplexidade e força. O ser humano pode escutar e interpretar esses sinais. Coloca-se junto às coisas, ao pé delas e sente-se unido a elas. Não existe apenas. Coexiste com todos os outros.

 

A relação não é de domínio, mas de convivência. Não é pura intervenção, mas principalmente interação e comunhão. É de cuidado das coisas.

Saiba como CUIDAR da Saúde Mental

em tempos de pandemia

#CuidarDaVidaEmCasa

As medidas de distanciamento, quarentena e isolamento social propostas por vários governos no mundo mudaram completamente nossa rotina.

Enquanto fazemos um esforço coletivo para combater a pandemia, somos desafiados a descobrir outras formas de nos cuidar e de nos conectar com as pessoas, manter a mente serena e o coração em paz. A palavra de ordem por aqui é equilíbrio.

 

Conte com o site CUIDADO ESSENCIAL neste momento!

1.

Cuidado com o excesso de informações

Evite ficar conectado o tempo tudo, isso pode fazer a ansiedade crescer.

 

2.

Cuide do Corpo

Tente praticar exercícios físicos e manter a alimentação saudável. Evite os exageros.

3.

Faça coisas que gosta

O que você gosta que está ao seu alcance? Ouvir música? Fazer cursos on-line? Ler um livro? Assistir a filmes? Reencontrar virtualmente pessoas de sua estima?

4.

Seja realista

Olhe a situação de forma realista, sem pânico. Tente perceber o que pode aprender.

5.

Aproveite para colocar coisas pessoais em ordem

Organize as gavetas, armários, libere mensagens acumuladas no e-mail.

 

6.

Estabeleça uma rotina

Tente fazer as coisas no mesmo horário, como o trabalho e cuidados pessoais.

7.

Conecte-se com pessoas

Descubra outras formas de se conectar com as pessoas, manter a mente serena e o coração em paz.

8.

Peça ajuda se precisar

Se perceber que está em sobrecarga, sob ansiedade, ou se deprimindo busque ajuda com profissionais, familiares, sua rede de apoio e também os serviços disponíveis que identificar em sua cidade. 

Fontes: OMS, VitaAlere

Com o atual contexto, uma rede de profissionais e voluntários estão oferecendo apoio emocional. Você já mapeou os que poderia usufruir?

O/A psicólogo/a pode contribuir neste momento de alguma forma... fazendo companhia nesse momento em que se parece necessitar de orientações e estratégias para lidar com tudo o que está acontecendo.

O CUIDAR

Cuidar das coisas implica ter intimidade com elas, senti-las dentro, acolhê-las, respeitá-las, dar-lhe sossego e repouso. Segundo Boff, há um CUIDADO ESSENCIAL que faz parte do princípio de um novo ethos. Cuidar é entrar em sintonia com as coisas. Auscultar o ritmo e afinar-se com ele. Cuidar é estabelecer comunhão. Não é a razão analítica-instrumental que é chamada a funcionar. Mas a razão cordial, o esprit de finesse (o espírito de delicadeza), o sentimento profundo. Mais que o logos (razão), é o pathos (sentimento), que ocupa aqui a centralidade.

Este ser-no-mundo na forma do cuidado faz o homem e a mulher viverem a experiência fundamental daquilo que tem importância e definitivamente conta, em uma palavra, o valor. Não o valor utilitarista (só para o meu uso), mas o valor das coisas em si mesmas, oculto e revelado em sua natureza que irradia e se conecta com tudo e com todos. A partir do valor inerente às coisas, emerge a dimensão de alteridade, reciprocidade e complementariedade.

Fiquem em Casa, se puderem!

Ancorem-se na sensação de Lar, se possível!

Fiquem Fortes!

 

A CUIDADO ESSENCIAL convocou psicólogos/as para transcender as formas tradicionais de apoio emocional para que aqui estejam cumprindo Atendimento Voluntário On-line, tomando a direção de ampliar as chances de cuidado. 

Inicialmente nos nutrimos e observamos nesta "construção" a fenomenologia ontológica-hermenêutica, na oportunidade de reflexão sobre Ser e Tempo, de Martin Heidegger, a obra mais importante deste pensador.

Heidegger entendia o homem como aquele em que a essência é ex-sistir, é acontecer, é estar fora da realidade e em direção à possibilidade. A linha Heideggeriana tem sido umas das que têm auxiliado a produção de conhecimento na CUIDADO ESSENCIAL, visto sua forma diferenciada de olhar aquele que nos procura.

Cita-se que o livro “Saber Cuidar: ética do humano, compaixão pela Terra”, de Leonardo Boff, faze parte desta inspiração de forma singular, convergindo com o pensamento fenomenológico e contribuindo muito para a visão de homem e de mundo correlata ao cuidado.

Assim, este pode ser um dos chamados para os profissionais da Psicologia vislumbrarem novas (re)descobertas, (re)conhecendo novos caminhos, transversais aos já conhecidos. Desta forma,  acreditamos contribuir muito para o apoio e o cuidado da SAÚDE MENTAL durante e após a pandemia.

O que propomos?

A CUIDADO ESSENCIAL Psicólogos/as On-line é uma jornada que começou na intenção de expandir fronteiras, onde pensamos globalmente e agimos localmente. Nossas intenções convergiram na mesma direção: oferecemos apoio emocional àqueles que precisam.

O mundo enfrenta a maior pandemia das últimas décadas e o distanciamento social se mostra uma das saídas para preservar a coletividade. Diante de tantas incertezas, sabemos que o futuro da sociedade global não será mais o mesmo. O mundo se convoca para um trabalho desafiador e voluntarioso, onde unidos podemos nos apoiar uns aos outros nessa causa humanitária.

O que pode ser mais alto do que o clamor da voz interior? O som do Ser buscando os ouvidos que escutem, a mente que entenda, o coração que sinta, a alma que expanda. Todos aprenderemos juntos e passaremos por esse desafio e seus desdobramentos juntos!

Agende seu horário para o cuidado que você merece!

SE CUIDEM! FIQUEM FIRMES!

 

INSTITUIÇÕES PARCEIRAS - PROJETO SAÚDE MENTAL PSICÓLOGOS/AS ON-LINE

INSTITUTO TOCAR.jpg
OASIS.jpeg
MinisterioDa Mulher.jpeg
primeeduc.png
ANJOS_DO_AMANHÃ_-_VIJ_-_TJDFT.png
REDE_CONSCIÊNCIA.jpg

© 2020 por Cuidado Essencial - Regina Almeida. Criado por Negócios Digitais na Prática